segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Minha meta?

Existiam dois homens um com meta e outro sem, um dia o com meta chegou para o sem meta e falou, daí cara to quase chegando na minha meta, e o sem meta respondeu, legal e qual é a sua próxima meta? E o com meta falou, O que? E o sem meta respondeu é meu nobre depois que você chegar nessa vai ter que ter outra? E o com meta falou, o que, sério? E o sem meta falou, sim e é por isso que eu não tenho uma meta.

Porque criamos metas? Talvez para podermos achar que temos controle de alguma coisa que na verdade não temos (ao não ser no caso dos casados que a mulher tem controle sobre o marido). A meta nada mais é que uma nota mental, tal dia eu tenho que ser bem sucedido, e se não conseguimos ficamos mal porque estamos furando um compromisso com nós mesmos. Mas nada como adiar a meta, não faça amanhã o que pode fazer depois de amanhã ou na outra segunda, talvez por isso essa antipatia pela segunda-feira porque se não fosse ela não colocaríamos metas. Quando me perguntam qual é a minha meta eu fico com medo de responder ‘como assim qual é a minha meta? Sei lá posso responder segunda que vem?’, é uma resposta dificil depende do que você responder pode ser olhado com desconfiança ‘o que sua meta é essa?’ e se não responde perde a vaga do emprego (que é onde geralmente perguntam esse tipo de coisa). Já ouvi dizer que quem não tem uma meta clara na cabeça na sabe pra onde está indo, já vi pessoas com metas e com GPS e que também não sabe pra onde está indo, e se você tem uma meta e não alcança é como estar com um mapa mas estar perdido, você sabe onde quer chegar, só que sabe que ta errado porque já passou cinco vezes ali e você vai admitir? Não porque? Porque se não vão falar que você não tinha sua meta clara. Como não tinha minha meta clara, claro que eu tinha apenas to pegando um atalho, conhecendo melhor o caminho, eu gostei daqui por isso é a quinta vez que eu to passando. Ta e quando você chegar na sua meta o que você vai fazer? Ahm? Isso mesmo, vai fazer “ahm”, quer dizer que eu andei tudo isso, me perdi (digo peguei um atalho) pra chegar aqui? E nem ta escrito seja bem vindo a SUA META.

Não to falando que metas não são importante claro que são (ainda mais pra vendedores) e a sua meta que vai te dar vontade de trabalhar (talvez seja por isso que eu não goste de trabalhar eu não tenho meta) de correr atrás dos teus sonhos, de correr atrás do dinheiro (não segundo o protocolo da auto-ajuda dinheiro não entra como meta. Não? Não. Que chato esse negócio de meta) etc. Depois de um tempo você começa a se acostumar com esse negócio de meta já até sei qual é a minha meta, minha meta é encontrar minha meta antes de morrer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário