sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Saudades do fim do ano

Todo dezembro me bate uma nostalgia. Saudades da época de fim de ano no colégio. Era a época mais esperada do ano, depois das férias. Todo fim do ano me pego lembrando desse tempo, com saudades...
Saudades da festa que tinha na sala de aula todos os anos, um dos únicos dias do ano no qual você podia ir sem uniforme sem receber uma advertência. Essa festa acontecia simultaneamente em todas as salas, a regra era simples: cada um era designado a trazer uma coisa, eu sempre fui da turma que levava o refrigerante. Era engraçado que em todas as salas, e todos os anos, tinha uma gordinha que levava bolo de chocolate ou torta de sardinha, a especialidade da mãe da tal era ou bolo chocolate ou torta de sardinha.
Saudades daquele amigo secreto de 1,99 que acontecia. Aquele que sempre tinha um amigo que era tão secreto que ele não ia, então alguma pessoa ficava sem presente.
Saudades de levar uma camiseta pra todo mundo assinar e no dia seguinte a mãe lavar achando que estava manchada. Mas chegava o começo do ano e você caia na mesma sala, com os mesmos alunos do ano anterior, então a camiseta não era mais problema já que ia ver todo mundo novamente o ano inteiro.
Saudades de passar de ano ser atacado por pessoas, que você nem conhecia, te jogando ovos e farinha, as vezes você nem sabia se tinha realmente passado, só falavam pra jogarem ovo em você também. Aliás ingredientes esses que nas mãos da mãe da gordinha virariam uma ótima torta de sardinha ou um bolo de chocolate.
Saudades de dar tchau, mas saber que era por pouco tempo.
Saudades de rezar pra tudo quanto é santo pra passar de ano prometendo que no ano seguinte estudaria mais, e no final do ano seguinte se pegar fazendo a mesma oração. E principalmente, saudades do tempo que a única responsabilidade era passar de ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário