quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Cansado de esperar


Não é a primeira e nem a ultima vez que anunciam que o mundo vai acabar.
Não é de hoje que prometem que vai acontecer, juram de pé juntos que dessa vez não passa e nada acontece. No fundo eu acho que as coisas andam tão ruins que estão começando a espalhar o boato porque talvez é a única maneira de resolver essa bagunça.
Não sei mais em que acreditar. No começo eu até me preparava para o fim do mundo. Fazia planos. Pensava em como ia me vestir. Fazia uma lista de quais seriam as ultimas coisas que iria fazer. Me despedia de quem tinha que se despedir. Comia minha comida favorita. Via meu filme preferido. E ele não aparecia. Ficava me sentindo como aquele filho cujo pai promete que vai buscar, ele se arruma, fica em frente ao portão e o pai não aparece. Por que antes quando anunciavam o fim do mundo era um Deus nos acuda, comoção, preocupação. Tinha que pessoa que sai gastando por conta, xingava o chefe, mandava a sogra ir a merda, terminava o casamento, se declarava para o colega de trabalho, soltava a franga, tudo achando que o mundo ia acabar e nada..
Já criaram tanta expectativa que o dia que acontecer mesmo ninguém vai acreditar.
 “o que é que está acontecendo lá fora?”
“o mundo está acabando.”
Silencio
“Me passa o sal.”

Esses anúncios de fim do mundo são iguais ao show do Roberto Carlos, na Globo, todo ano tem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário