terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Dos mesmo criadores...


Dos mesmos criadores de: “meu Deus que sono” e “só mais cinco minutinhos”, vem ai: “mamãe, eu quero a minha cama”.
Um drama de um cidadão comum que vira a noite no computador e se vê preso no trabalho com sono.

Depois do sucesso de: “Finalmente sexta-feira” e “como é bom o sábado a noite”, vem ai: “nem acredito que segunda é feriado”.
Acostumado a sofrer todos os domingos com a depressão pré segunda-feira, José se ve diante de um feriado.

Dos produtores de: “Esse ano vai ser diferente” e “dessa vez eu vou estudar”, trazem o aclamado: “eu prometo pra mim mesmo”.
Uma mulher, um homem, ambos fazendo promessas para eles mesmos. Sabendo que não tem ninguém para cobrar.

O roteirista da trilogia: “eu quero terminar”, “acho melhor voltarmos” e “voltar foi um erro”, traz o seu mais novo, nem ainda lançado e já best-seller (eleito pelo The New York Times como o melhor livro do ano), o livro: “e se tentarmos mais uma vez?”.
Um casal sofrendo os dilemas de casais que não sabem o que fazer.

Depois de: “a camisinha furou, e agora?” “Esqueci de tomar o remédio” e “falei pra você tirar!”, vem ai pra fechar essa sequencia de sucessos “ta na hora da vasectomia”.
Acidentes acontecem, agora três vezes já é burrice. Diante desse problema John resolve tomar uma atitude drástica. Mas não é tão simples quanto parece.

Do autor, diretor, criador, redator, produtor e escritor do: “o fim do mundo está próximo”, “1001 uma coisas para se fazer antes do fim do mundo” “falta apenas uma semana”, vem ai o recém lançado e já esgotado: “o mundo não acabou e agora?”
Respondendo questões de pessoas que fizeram dividas, maridos e mulheres que se deixaram, chefes que foram xingados, tudo na expectativa de que o mundo fosse acabar e não acabou. Esse livro vai te ajudar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário